Você sabe qual é a diferença entre cobertor e edredom?

Aprenda a escolher a opção ideal para sua cama!

É comum usarmos cobertor e edredom como sinônimos. Contudo, apesar de terem funções parecidas, eles possuem algumas diferenças importantes que os tornam favoritos de algumas pessoas — e dispensáveis por outras.

De modo geral, cada um agrada do seu jeito, seja por possuir opções incríveis de edredom dupla face ou por ser de fácil transporte. Continue lendo esse conteúdo para descobrir quais são essas características e escolher o modelo ideal para sua casa!

Diferença entre cobertor e edredom

A principal diferença entre cobertor e edredom é o tecido. Afinal, o primeiro modelo é fabricado por um fino e leve, como algodão, poliéster e microfibra. Enquanto o edredom é normalmente produzido com linho, algodão ou cetim de algodão, possuindo um aspecto mais grosso e pesado.

Além disso, nesse segundo material você encontra um “recheio” por dentro, que também proporciona mais calor e conforto a quem usa.

De todo modo, tanto o cobertor como o edredom são peças essenciais para possuir em seu guarda-roupa, sendo seus usos alternados a depender da estação do ano ou do clima da noite. Veja abaixo os pontos positivos de cada modelo e descubra o momento ideal para utilizá-los:

Pontos positivos do cobertor

O primeiro ponto positivo do cobertor é que esse material é fácil de transportar e armazenar, por ser leve e ocupar pouco espaço nas gavetas. Inclusive, ele é ideal para levar em viagens, pois é fácil de encaixá-lo na mala.

Ademais, o tecido pode ser usado como colcha de cama e, consequentemente, como item decorativo do seu quarto — para isso, escolha modelos que combinem com o estilo do cômodo.

Outra característica do cobertor é que ele é um isolante térmico, ou seja, conserva a temperatura do seu corpo em vez de aquecê-lo. Dessa forma, essa opção é mais recomendada para temperaturas amenas ou para quem não consegue dormir sem cobertas, mesmo nos dias quentes. Para mais, o cobertor é mais barato do que as outras opções, como os edredons, mantas, cobre leito, etc.

Pontos positivos do edredom

O edredom, famoso por ser um aliado nos dias mais frios, também é um excelente item decorativo para o seu quarto, sobretudo os modelos de dupla face.

Afinal, eles possuem um lado estampado e outro liso, dando maior versatilidade à organização do cômodo — você garante duas opções em uma. Inclusive, o lado liso ainda pode ser utilizado como lençol para cobrir o colchão, dado que não causa incômodo.

Caso você tenha o costume de se mexer muito durante o sono, o edredom é super recomendado, pois não escorrega ao ser utilizado, devido ao seu peso. Por fim, invista em edredons de alta qualidade e aproveite esse modelo por bastante tempo!

Como escolher o melhor para sua casa?

De modo geral, o ideal é possuir em sua casa cobertores e edredons. Contudo, na hora de quantificar a necessidade desses tecidos, considere o clima da região em que você mora.

Por exemplo, quem reside no nordeste pode ter apenas um edredom para cada familiar — visto que essa peça será utilizada poucas vezes, somente durante os dias frios do inverno e outono.

Enquanto que, moradores da região sul, devem possuir mais de uma opção no guarda-roupa, pois as temperaturas frias costumam durar mais tempo e serem mais rígidas.

Outra recomendação: invista em peças que combinem com o estilo da decoração do ambiente, assim, mesmo no verão você poderá exibir seu edredom. Agora que você já conhece a diferença entre cobertor e edredom, está na hora de ir às compras! Reúna sua família e faça desse momento algo divertido.