Pular para o conteúdo

O que você está sentindo é ansiedade, depressão ou estresse?

    Por diversas vezes na vida, é normal sentir sintomas de ansiedade depressão e estresse. No entanto, é necessário saber a qual categoria pertencem os seus sintomas, para saber como lidar com eles e se é necessário algum tipo de tratamento, seja com remédios ou com psicoterapia.

    E não se preocupe. Tanto a ansiedade, quanto a depressão e o estresse possuem cura. Mesmo se você precisar de acompanhamento médico, pode não ser para o resto da vida.

    ansiedade
    O que você está sentindo é ansiedade, depressão ou estresse? 5

    Há momentos de sua vida que podem ser turbulentos e desencadear ansiedade, estresse ou depressão. Porém, você precisa saber como diferenciar cada uma das comorbidades para entender qual o melhor passo para amenizar os sintomas e com o tempo, conseguir a cura de vez.

    Entenda mais sobre cada tipo de doença, para saber diferenciá-las.

    1. Estresse

    O estresse é uma resposta natural do seu corpo e sua mente a algum acontecimento estressante. Isso pode ocorrer apenas uma vez, mas por causa da intensidade das sensações geradas, sua memória irá gravar os sintomas e o corpo e a mente vão reagir por mais tempo, gerando estresse prolongado.

    estresse
    O que você está sentindo é ansiedade, depressão ou estresse? 6

    O estresse também pode aparecer quando algo desconfortável em sua vida fica ocorrendo frequentemente. Dessa forma, você fica sempre estressado, sem tempo para se recuperar. Isso pode desencadear um desequilíbrio do organismo, provocado pelo estresse que fica se repetindo, ocasionando estresse físico, estresse emocional ou ambos.

    2. Ansiedade

    A ansiedade ocorre quando você fica sempre em estado de alerta, para se preparar para uma situação real ou imaginária de risco. Um gatilho pode afetar todos os seus cinco sentidos.

    Caso a ansiedade seja causada por situações imaginárias ou por um evento real que já foi controlado, ela é excedente e precisa de um tratamento. A ansiedade em um estado imaginário, causado por preocupações excessivas, expectativas negativas, pessimismo ou outros fatores provocam desgaste em seu corpo físico, no emocional e em seu psicológico.

    ansiedade
    O que você está sentindo é ansiedade, depressão ou estresse? 7

    Isso é uma ansiedade disfuncional, ou seja, que não é adequada às situações vividas diariamente. A ansiedade disfuncional tende a atrapalhar diversas áreas de sua vida, como pessoal, profissional, acadêmica e até nos relacionamentos.

    3. Depressão

    Nem o estresse nem a ansiedade são iguais à depressão. Uma depressão é uma doença que precisa de tratamento psiquiátrico e psicológico, como em transtornos de ansiedade e de estresse também.

    depressao
    O que você está sentindo é ansiedade, depressão ou estresse? 8

    Na depressão, há muita tristeza e desânimo que não passam. Existem sintomas como dores em todo o corpo, insônia, fadiga e até perda de peso. Você ainda pode sentir culpa, sentimento de fracasso e pensamentos pessimistas, até com ideações suicidas. Esses sintomas podem durar semanas, meses ou anos.

    Dessa forma, a depressão é uma doença que precisa ser tratada com remédios e psicoterapia de forma urgente. Ela pode ser perigosa para a pessoa, além de afetar totalmente sua vida. Outras doenças podem acometer uma pessoa depressiva, piorando seu estado.

    Vale ressaltar que a ansiedade e o estresse que fogem do controle são frutos de uma depressão. Todos os três devem ser sinais de alerta se estão atrapalhando sua vida.

    Conclusão

    Agora que você já sabe definir qual é a diferença entre sintomas de estresse, ansiedade e depressão, é hora de entender se esses estados estão atrapalhando sua vida ou mesmo deixando você incapaz de realizar suas tarefas cotidianas de forma funcional.

    É normal se sentir estressado, deprimido ou ansioso por algum evento, mas se esses estados persistirem por mais de algumas semanas, é necessário buscar ajuda médica.

    Apenas um psiquiatra, com a ajuda de um psicólogo, pode dar o diagnóstico correto de um distúrbio emocional ou uma doença psiquiátrica. Por isso, não fique sozinho nessa luta, é impossível vencer doenças sozinho, sem a ajuda recomendada.

    A maioria das doenças associadas ao estresse, ansiedade e depressão muito intensas possuem cura. No mínimo, você terá amenização e controle dos sintomas para retomar sua vida de forma plena e funcional.

    Por isso, procure um psiquiatra ou um psicólogo de sua confiança e marque uma consulta, caso você esteja percebendo que os sintomas estão saindo de seu controle. Quanto mais rápido você receber o diagnóstico iniciar o tratamento adequado, mais rápido você não sentirá mais os sintomas desconfortáveis e poderá viver tranquilamente, como era antes.